Centenas de asteroides cercam a Terra todos os dias, mas é questão de tempo para que um corpo rochoso destruidor atinja o planeta, de acordo com a NASA.

Descoberto em 1999, o asteroide chamado Bennu tem aproximadamente 500 metros de diâmetro e orbita o sol a uma velocidade de 100 mil quilômetros por hora.

“A aproximação [do asteroide com a terra] no ano 2135 ajustará a órbita de Bennu, potencialmente colocando-o em curso de colisão com a terra naquele século”, disse Dante Lauretta, professor de Ciência Planetária na Universidade de Arizona.

Diante dessa constatação, estudiosos da Bíblia apontam que a previsão da agência americana está alinhada à profecia descrita no livro de Apocalipse:

“O segundo anjo tocou a sua trombeta, e algo como um grande monte em chamas foi lançado ao mar. Um terço do mar transformou-se em sangue, morreu um terço das criaturas vivas do mar e foi destruído um terço das embarcações” (Apocalipse 8:8-9).

Cientistas estão trabalhando atualmente em planos para desviar e destruir esse tipo de objeto. Nosso planeta é alvo do impacto de asteroides medianos a cada 100 mil anos, em média.

De acordo com o pastor Pat Robertson, dados como este apenas confirmam os relatos da Bíblia. “Não existe nada que possa fazer com que os mares se turvem, os céus escureçam, a lua e o sol se apaguem e as nações se aterrorizem”, disse Robertson à CBN News.

 

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE CBN NEWS

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.