Jovem cristão publicou foto de um homem não islâmico usando sandálias no local do túmulo de Maomé

Cerca de 800 cristãos foram expulsos de suas casas e ameaçados por islâmicos no Paquistão esta semana. Uma violenta multidão exigia a morte de um jovem cristão de 20 anos por ter cometido o crime de “blasfêmia”.

Patras Masih, morador do bairro de Dahir, subúrbio de Shahdara, cerca de 50 km da capital Lahore, foi acusado de publicar conteúdo blasfemo em sua página do Facebook. Segundo o tio de Masih, Arif, o rapaz publicou uma foto de um homem não islâmico usando sandálias em Roza-e-Rasool, local do túmulo de Maomé, na Arábia Saudita. Segundo as leis religiosas muçulmanas isso seria uma grave ofensa.

Quando algumas pessoas pediram para ele excluir a foto, alegando ser ofensiva, Masih se negou e isso provocou a raiva dos moradores muçulmanos do bairro.

Por causa do pânico gerado pelas agressões e ameaças, a polícia foi chamada. Enquanto centenas fugiam, a família de Masih o entregou às autoridades e depois também fugiu de casa.

Fonte: https://noticias.gospelprime.com.br

Leave a Reply

Your email address will not be published.