Centenas de missionários foram para o Quênia com o objetivo de orar por um avivamento na região. Mas nem eles estavam preparados para ver as milhares de vidas que foram alcançadas em apenas dez dias.

Mais de 640 missionários de todo o mundo se reuniram para levar o Evangelho a uma aldeia queniana chamada Kakamega. Sua missão era simples: mostrar o amor de Deus de forma prática.

Eles visitaram prisões, providenciaram medicamentos para tratamento de pessoas que foram infectadas por parasitas e pregaram para todas as pessoas que estavam dispostas a ouvir a palavra de Deus.

Os missionários atingiram dezenas de milhares de pessoas. “No total, 72.115 pessoas em Kakamega foram alcançadas e 6.944 receberam Cristo como seu salvador”, disse um missionário.

Joel foi uma das muitas crianças de rua que entregaram suas vidas a Cristo. “Sinto que tenho esperança depois de me entregar a Deus”, disse ele.

O garoto não foi o único que experimentou essa nova esperança. Uma mulher que estava prestes a desfazer seu casamento foi salva pela esperança que os missionários trouxeram.

Martha ficou furiosa quando descobriu que seu marido a traía. Ela foi até sua casa e começou a destruir seus bens, quando ouviu a porta bater. Eram os missionários, querendo saber por que ela estava tão cheia de raiva.

A bondade daqueles homens acalmou sua fúria e ela entregou sua vida a Cristo. Seu marido logo chegou em casa e ficou tão impactado com o amor de Deus, que decidiu aceitar a Jesus também.

Antes que os missionários fossem embora, Martha e seu marido oraram juntos pedindo a Deus para restaurar o casamento.

A visita dos missionários rendeu milhares de outras histórias de reconciliação, semelhantes a de Martha. Por meio da pregação do evangelho, diversas pessoas tiveram sua esperança renovada para o futuro.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO SITE HELLO CHRISTIAN

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.