Móveis e eletrodoméstico que seriam descartados estão sendo reaproveitados por uma igreja para serem doados a comunidades de Vila Velha, no Espírito Santo.

Móveis e eletrodoméstico que seriam jogados no lixo estão sendo reaproveitados por uma igreja evangélica para serem doados a famílias carentes, em Vila Velha, no Espírito Santo.

Gizelly Carvalho Ribeiro foi uma das beneficiadas pelo projeto social, que deu a ela uma casa de alvenaria totalmente mobiliada. Antes, ela viveu sete anos em um barraco de madeirite quase sem móveis com seus cinco filhos.

“Ganhei o sofá, ganhei as camas para os meus filhos, ganhei cama de casal, armário, geladeira, fogão. Praticamente mobiliaram a minha casa, essa ajuda é uma bênção de Deus. Mudou tudo, agora é outro estilo de vida e ficou muito melhor com certeza”, disse ela à TV Gazeta.

Idealizado pela Igreja Adventista do Sétimo Dia, o projeto social é mantido através de trabalho voluntário. “Nós não estamos passivos diante do quadro que o mundo está, nós precisamos ser protagonistas, fazer a diferença com o que nós tivermos. Então a igreja está na comunidade para ter essa intencionalidade, fazer com que a vida das pessoas melhore”, disse o pastor Jairo Mendes dos Santos.


A família de Gizelly ganhou uma casa nova através do projeto. (Foto: Reprodução/TV Gazeta)

Os móveis e eletrodomésticos que seriam descartados por estarem velhos ou com pequenos problemas, são recolhidos por voluntários e restaurados.

“Essas coisas eram levadas antes para um lixão, e além de poluírem a natureza, muitas famílias não tinha oportunidade de pegar. Agora estão tendo. Temos as equipes para recuperar esses eletrodomésticos e móveis. Esperamos que essa corrente do bem possa se multiplicar”, explicou o coordenador do projeto, Getúlio Ramos Pimentel.

Segundo Getúlio, as pessoas que quiserem doar móveis e eletrodomésticos em Vila Velha podem procurar a igreja adventista mais próxima. A Prefeitura da cidade também recolhe os objetos através do serviço cata-móveis, que pode ser acionado através da Ouvidoria Municipal, pelo telefone 0800 2839059.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE G1

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.