O pastor Dano criou o hábito de caminhar orando pela aldeia, durante as madrugadas.

Dano é um bravo e perseverante pastor em Mianmar. Um soldado da fé que batalha no exército de Cristo, já com seus 60 anos. Sua maior missão teve início quando ele recebeu uma visão do próprio Deus. Foi aí que ele compreendeu que deveria se envolver na obra. Ele se voluntariou para dar aulas de graça para as crianças de sua aldeia e foi falar diretamente com o chefe de sua região.

Os líderes aceitaram a proposta, mas Dano foi advertido para que ele não influenciasse as crianças com ministrações do Evangelho. Para oficializar isso, ele teve de assinar um acordo. Mesmo assim, começou a ensinar versículos bíblicos e canções cristãs para as crianças.

O pastor Dano passou a orar diariamente, caminhando pelo vilarejo durante as madrugadas. Além de suas orações, ele também contou com o apoio de sua família, que também passou a interceder e jejuar juntamente com ele. Certamente, sua coragem e ousadia trazem certos problemas. Seus filhos são constantemente ameaçados na escola por professores e alunos.

Além disso, eles são pressionados a fazer orações budistas. Por diversas vezes o pastor Dano foi procurado pelo chefe e vice-chefe da aldeia com o objetivo de matá-lo, mas ele sempre escapa de forma miraculosa.

Reviravolta

Um episódio mudou muita coisa nessa história. Certo dia, durante o período em que orava, o filho do vice-chefe ficou possuído por demônios. Tentando de várias formas, o monge budista não conseguiu obter ajuda. Quando ele estava sem esperanças, ele lembrou de procurar o pastor Dano. O líder da região se lembrou de que quando ele orava pelos enfermos, eles eram curados.

“A família do vice-chefe pensou que eu estaria bravo com eles e me recusaria a ajudar, mas eu vi isso como uma oportunidade de alcançá-los”, disse o pastor. Após três dias de jejum e oração, Dano foi visitar o jovem possuído. Quando o rapaz o viu, saiu correndo, e disse: “Esse homem vai me pegar”.

Dano queimou um santuário que havia na casa. Ele clamou o nome de Jesus e, finalmente, o rapaz foi libertado do demônio. Mas, algo extraordinário aconteceu. Além dessa entidade, todos os espíritos da aldeia foram embora. Para tentar fazer com que eles retornassem, alguns líderes religiosos fizeram sacrifícios, mas nada aconteceu. Então, imploraram ao pastor que trouxesse os espíritos de volta. O pastor Dano foi orar em cada local de santuário do vilarejo.

Na manhã seguinte, todos os santuários apareceram queimados. Foi um milagre, pois ninguém sabe como tal feito aconteceu. Diante disso, a família do vice-chefe e outras quatro famílias aceitaram a Jesus. Aos poucos, outros moradores da aldeia também vieram a Cristo. Muitos que se opunham ao cristão, passaram a ouvi-lo e acatar suas orientações. Agora todo a aldeia adora a Jesus. O pastor Dano pastoreia uma igreja lá e pretende alcançar mais dois vilarejos budistas.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO PORTAS ABERTAS

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.