Quatro pessoas ficaram feridas no ataque, feito por um muçulmano radical

No último domingo, um homem usando uma espada de um metro entrou em uma igreja na cidade de Jogjacarta e avançou na direção do coral. Ele atacou o pastor Karl Edmund Prier, que estava regendo o coral. Como resultado, além do pastor, dois outros membros da igreja e um policial ficaram feridos.

O agressor foi identificado como um ex-aluno de um internato islâmico em Java Oriental. Ele era conhecido pelas pessoas do vilarejo como um bom recitador do Alcorão. Ele já havia tentado ir para a Síria e mostrava sinais de estar se tornando um radical extremista. A polícia investiga se ele agiu sozinho ou com a ajuda de uma organização maior.

O governo e líderes religiosos apelaram a toda a população do país para manter a calma. No dia seguinte, em discurso em Jacarta, o presidente da Indonésia, Joko Widodo, afirmou: “Nossa constituição garante a liberdade de religião. Portanto, não daremos o menor espaço para aqueles que querem promover e espalhar intolerância em nosso país. Principalmente os que agem com violência”.

Este ano é ano de eleições na Indonésia. É bem conhecido que em anos eleitorais o país tem uma forte tendência a conflitos religiosos. Os políticos manipulam esses conflitos para ganhar votos. A eleição acontecerá no dia 28 de junho. Por isso, ore pela segurança da igreja e dos cristãos perseguidos desta nação.

Fonte: https://www.portasabertas.org.br

Leave a Reply

Your email address will not be published.