Igreja brasileira participou da campanha de cartões organizada pela Portas Abertas para o cristão que foi agredido no Quirguistão

Fonte: portasabertas

Neste mês, a equipe da Portas Abertas conheceu Eldos e seu tio Nubek. Eldos está agora em um país onde cristãos cuidam bem dele. Ele possui uma permissão de três meses, mas já pediu uma permissão maior. Eldos não sabe como será seu futuro, por enquanto vive em casas de irmãos e irmãs.

Eldos continua se recuperando do ataque. Uma parte de seu corpo continua sem sentir nada e ele ainda tem muitos tratamentos dentários a serem feitos. Na visita, ele compartilhou sobre o ataque: “Eu não fiquei bravo quando me atacaram. Só queria que fossem embora. Durante as agressões eu experimentei a proteção de Deus”. Os agressores tentaram atingi-lo severamente na cabeça, mas eles acertaram apenas seus dentes.

Nossa equipe compartilhou que sua “primeira impressão foi que ele estava muito forte em sua fé e também mentalmente. Apesar disso, está muito magro. Parecia um pequeno garoto e muito tímido. Ele não falou muito, talvez por causa do trauma. Quando ouvimos sua história ficamos tocados por atacarem uma pessoa tão vulnerável”.

A Portas Abertas entregou a ele cerca de 1 mil cartões de encorajamento enviados por irmãos e irmãs de todo o mundo. Eldos declarou: “Eu não sabia que eu tinha uma família tão grande. Eu estou muito tocado por tantas pessoas que enviaram cartões e estão orando por mim”.

Pedidos de oração

  • Agradeça a Deus pela proteção que Eldos experimentou durante as agressões.
  • Agradeça a Deus que tantas irmãs e irmãos que enviaram um cartão e oraram por ele.
  • Continue orando por sua cura física e emocional e para que ele permaneça em um país seguro.

Leave a Reply

Your email address will not be published.