Os dados foram apresentados na Conferência Internacional sobre Liberdade Religiosa

Os cristãos são vítimas em 80 por cento dos atos de discriminação religiosa, apesar de representarem apenas 30 por cento da população mundial, aponta a Sociedade Internacional de Direitos Humanos.

Os dados foram apresentados na 3ª Conferência Internacional sobre Liberdade Religiosa, nos EUA, evento que tem apoio do Vaticano e da Igreja Ortodoxa. O encontro destacou a situação dos cristãos no Oriente Médio.

“A liberdade de pensamento e crença está na base das economias mais inovadoras e vibrantes da história humana”, afirmou o secretário de Comércio dos EUA, Wilbur Ross, durante a conferência. “Por isso é preocupante ver o surgimento de tanta perseguição aos cristãos nos últimos anos”.

Seus comentários ecoaram os do Patriarca Kirill da Igreja Ortodoxa Russa e do Arcebispo de Canterbury, líder da Igreja Anglicana, que já usaram a palavra “epidemia” para denunciar a ideologia religiosa extremista, numa referência velada ao islamismo. Com informações World Watch Monitor

Fonte: https://noticias.gospelprime.com.br

Leave a Reply

Your email address will not be published.