Ore pelo seu pastor e por todos os pastores brasileiros que atuam dentro e fora do país; peça também pelos líderes cristãos que atuam em países perseguidos

O Dia do Pastor é comemorado no Brasil anualmente, todo segundo domingo do mês de junho, ocasião em que homens e mulheres são homenageados por seguirem esse chamado, de pregar a palavra de Deus e apascentar as “ovelhas” de Jesus. A Portas Abertas aproveita essa ocasião para parabenizar a todos os pastores brasileiros que atuam no país e fora dele, e também fazer uma homenagem aos pastores que estão desempenhando um grande trabalho em países que enfrentam perseguição religiosa.

No Irã, por exemplo, todos os que são reconhecidos como líderes de igrejas, são perseguidos e falsamente acusados de blasfêmia, sendo torturados, presos e até mortos. O pastor Yousef Nadarkhani, que já ficou preso várias vezes, foi inclusive ameaçado de execução. No Sudão, Michael Yat já enfrentou nove prisões sudanesas, vivendo nas piores condições e foi até acusado de graves crimes contra o Estado, conforme as leis do país. E, apesar de tudo, ele incentiva os demais pastores cristãos a perseverarem na fé: “Não deixe a perseguição surpreender você, antes disso seja corajoso e prepare-se. Concentre-se na certeza de que Cristo nunca vai te abandonar”.

No Afeganistão, os pastores atuam no subsolo, ensinando a Bíblia aos cristãos que vivem isolados em pequenos grupos para não chamarem a atenção das autoridades. Já o pastor Farouk, em sua visita ao Brasil, deu relatos importantes sobre a situação que ocorre atualmente no Iraque e na Síria. “Eu venho de um país onde experimentamos a perseguição extrema, eu não ouvi falar sobre isso, eu sou uma testemunha ocular”, disse Faoruk. Ele deu muitos exemplos que mostram que a vida de um pastor que atua em países onde existe a perseguição religiosa não é nada fácil. Nesse dia, ore por todos os pastores, tanto os que são livres quanto os que não são. Muitos que foram condenados à pena de morte, embora o único crime cometido por eles seja defender a fé cristã.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.