Jay Comiskey comentou o massacre ocorrido em Las Vegas e destacou que Jesus está pronto para intervir e ajudar.

Tragédias como o tiroteio em massa em Las Vegas ou desastres naturais como furacões e terremotos, todos têm algo em comum: eles fazem com que as pessoas se unam em oração. É o que tem afirmado o vice-presidente e líder de oração e intercessão da CBN, Jay Comiskey. Ele afirmou que a oração é vital, “especialmente quando há uma tragédia”.

O massacre em Las Vegas foi considerado o mais mortal até agora nos EUA, deixando mais de 59 mortos e 527 feridos.

Segundo Comiskey, as tragédias são inevitáveis, mas o que faz diferença é justamente quando as pessoas reagem com fé a momentos de intensa dor, como estes.

“O principal é que vamos passar por essas tragédias com oração, intercessão e pedir a ajuda que vem do céu, quando as pessoas mais precisam disso”, disse Comiskey.

Ele acrescentou: “Eu acho que a primeira resposta, a resposta mais importante deve ser a oração, porque a oração é o caminho que Deus criou para que o Seu povo tenha acesso a Ele o clame pela paz que vem do Céu para ajudar, não importa qual seja a situação”.

Comiskey disse que quando a vida das pessoas “vira de cabeça para baixo”, Jesus está pronto para intervir e ajudar.

“E quando as pessoas precisam de mais ajuda? Na tragédia, nos momentos de dor, é aí que Jesus quer entrar nesta situação e ajudar de mil maneiras diferentes, que talvez nem possamos saber diretamente, mas quando oramos, nós estamos convidando Jesus para o meio da tragédia para ajudar corações quebrados, para curar corações partidos”, explicou Comiskey. “As tragédias também são um chamado para a oração”.

Questionamentos da alma

Alguns estão perguntando: “por que Deus está permitindo tal quebra, tanta dor, tanta tristeza?”. Mas Comiskey explicou que Deus é soberano, porém Ele não causou o ataque àquelas pessoas que participavam daquele show, próximo ao Hotel Mandala Bay, em Las Vegas.

“Nós temos que lembrar que há demônios reais agindo em uma situação como essa. Aquele homem parecia estar realmente possuído por demônios, apenas para fazer coisas loucas”, disse Comiskey.

Enquanto isso, a frase “Pray for Vegas” (“Ore por Vegas”), e muitas homenagens têm circulado nas mídias sociais. Além disso, a hashtag com esta mesma mensagem teve grande adesão em redes como Twitter, Facebook e Instagram, ganhado destaque entre os assuntos mais comentados.

Líderes cristãos também estão orando pelas vítimas do tiroteio.

A popular autora cristã norte-americana Beth Moore twittou: “Oh, Las Vegas! Estamos tristes e orando por você. O Salmo 7:9 ecoa a minha leitura desta manhã: “Oh, que o mal dos ímpios acabe”, escreveu Moore.

A Igreja Central em Las Vegas criou uma linha telefônica exclusiva para oração e aconselhamento, aberta 24 horas por dia, para que qualquer pessoa possa compartilhar sobre seus traumas. Além disso, várias igrejas estão realizando vigílias de oração, para receber sobretudo, famílias que perderam entes queridos e também sobreviventes do ataque.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE CBN NEWS

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.