Segundo o rabino Hillel Weiss, com o cumprimento da profecia conhecida como ‘Terceira Herança’, Israel deve ser novamente dividida em 12 tribos.

Nos próximos anos, deve haver mais judeus que vivem em Israel do que em outras partes do mundo, o que indica uma gigantesca mudança demográfica com implicações proféticas, encontradas na Bíblia.

Em 1947, cerca de 630.000 judeus viviam no mandato britânico, compreendendo menos de 6% da população judaica global.

Desde então, a população judaica em Israel aumentou mais do que dez vezes. Judeus israelenses agora representam mais de 43% da população judaica global. Em breve, a maioria dos judeus no mundo será encontrada dentro das fronteiras de Israel, de acordo com um relatório divulgado pelo site ‘Breaking Israel News’ (BIN).

“Em julho, o Sinédrio [assembleia de juízes judeus] determinou que existem condições para estabelecer que Israel está agora na terceira herança profetizada da terra, sendo que a primeira foi dada a Josué e a segunda, após o exílio babilônico”, explicou o rabino Hillel Weiss, porta-voz do Sinédrio, conforme o Breakin Israel News.

O Sinédrio reinstalado inclui 71 dos rabinos mais proeminentes em Israel, mas atualmente não tem status político ou legal.

“A terceira herança refere-se ao retorno profetizado dos judeus do exílio, que aconteceu após a destruição do Segundo Templo pelos romanos em 70 d.C”, de acordo com o site israelense. “A tradição judaica sustenta que este retorno irá inaugurar a construção do Terceiro Templo e o retorno da dinastia de Davi”.

Muitos debateram se o contexto que Israel vive nos dias de hoje representa o cumprimento desta profecia.

“A declaração anterior do Sinédrio foi que estamos atualmente nesse terceiro retorno, mas a maioria dos judeus ainda não está em Israel. Quando isso acontecer, significará uma grande mudança na observância da lei judaica”, de acordo com o ‘BIN’.

“Por esta razão, o Sinédrio iniciou o mandamento bíblico de contar o Jubileu”, disse rabino Weiss. “Mas quando a situação mudar e a maioria dos judeus estiver em Israel, como as estatísticas parecem indicar que acontecerá em breve, muitos outros aspectos do judaísmo mudarão”.

“Possivelmente, a maior mudança será a redistribuição da terra e o retorno da identidade tribal judaica”, acrescentou Weiss. “Quando a maioria dos judeus estiver vivendo em Israel, seremos obrigados a dividir a terra em territórios tribais”.

Ele citou Ezequiel para demonstrar que esta é uma parte necessária do cumprimento da profecia.

No entanto, uma complicação é que a maioria dos judeus deixou de se identificar com uma tribo específica. O rabino Weiss insiste, no entanto, isso não só será possível, mas um requisito legal para atribuir terras tribais, como foi feito no tempo de Josué.

Talvez o teste genético ajude o processo de identificação, algo que estava indisponível quando o Estado moderno de Israel se formou.

“Somos obrigados a ter 12 tribos”, disse o rabino Weiss. “A terra será dividida de acordo com os territórios bíblicos. Todo judeu que vive nesse território receberá uma herança e será considerado como se fosse daquela tribo”.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO BREAKIN ISRAEL NEWS

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.