Por Leonardo Gonçalves

 

Quem for pega com maiôs de corpo inteiro terá que pagar multa. Para o prefeito, peça é um símbolo do extremismo islâmico.

O prefeito de Cannes, no sul da França, baniu a utilização nas praias de maiôs de corpo inteiro, conhecidos como burkinis. Ele alega que a peça é um símbolo do extremismo islâmico, de acordo com a BBC. Quem for pega desrespeitando a determinação pagará multa de 38 euros (R$ 133).

“O acesso às praias e para a natação é proibido a qualquer pessoa vestindo roupas impróprias que não respeitem os bons costumes e secularismo”, diz o decreto. Desde que ele foi publicado, no fim de julho, ninguém foi apreendido utilizando a vestimenta.

A proibição não se aplicaria ao véu que algumas mulheres muçulmanas usam nos cabelos. Outros símbolos religiosos, como a kipá (solidéu judaico) e a cruz, são permitidos.

Esta não é a primeira polêmica envolvendo hábitos de vestimenta muçulmanos na França. Em 2011, o país se tornou o primeiro a vetar a burca, que cobre todo o corpo e deixa apenas uma tela na altura dos olhos, e o niqab, véu que deixa apenas os olhos à mostra.

 

Fonte: http://conscienciacristanews.com.br/Com informações G1

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.