Cantor anunciou retiro espiritual e sessões semanais com psicólogos e psiquiatras

Acusado de violência doméstica, o cantor Naldo Benny, anunciou que estava indo para um retiro espiritual na Igreja Batista da Lagoinha, em Minas Gerais.  Cerca de duas semanas após ser detido por porte ilegal de arma e acusado pela mulher, Ellen Cardoso, de tê-la agredido fisicamente, o cantor voltou a aparecer em público, num jogo de futebol solidário.

Ellen, mais conhecida pelo nome artístico de Mulher Moranguinho, usou seu Facebook para escrever um longo texto, sinalizando que pretende perdoá-lo e reatar o casamento. O casal frequentava igrejas evangélicas, mas não dão um testemunho público de fé.

“É triste ver o quanto as pessoas estão se tornando frias e sem coração. Saem apontando os seus dedos como se fossem metralhadoras e dando sentenças que só cabe a Deus dar. É fácil julgar o problema do outro, difícil é quando ele acontece dentro da sua casa e só você conhece a real história”, escreveu.

No fim, deu a entender que poderá perdoar o marido e que acredita na mudança dele. “Ele é o pai da minha filha, o homem que eu construí uma família, que escolhi viver ao seu lado na saúde ou na doença, na riqueza ou na pobreza, até que a morte nos separe…e isso merece respeito. O nosso futuro a Deus pertence, deixo em suas mãos e creio que Ele nos dará direcionamento, seja Ele para seguirmos nossas vidas ou para reconstruir nossa família. Eu só desejo que sejamos felizes e que tudo que seja feito seja para o nosso bem”.

Por ordem da justiça, Naldo está proibido de se aproximar de Moranguinho, até mesmo pela internet. Além do retiro espiritual, agora faz sessões semanais com psicólogos e psiquiatras no Rio de Janeiro onde mora. Ellen está vivendo com os filhos e os pais dela em São Paulo. Com informações F5

Fonte: https://noticias.gospelprime.com.br

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.