Um pastor cristão na Nigéria está encorajando os fiéis a ajudarem financeiramente uma mulher muçulmana que sofreu graves lesões físicas depois que seu namorado jogou ácido em seu rosto e corpo.

De acordo com um relatos do jornal local Vanguard, o pastor Joshua Iginla apresentou a causa durante um culto em sua igreja a pediu ajuda para Jamila Yusuf, a moça de 26 anos que foi atingida pelo ácido.

Jamila sofreu queimaduras em 60% do seu rosto e em 10% do seu corpo. Durante o encontro com os membros da igreja, o pastor, que também é um tele-evangelista conhecido no país Africano, disse que ajudar Jamila é uma forma de defender os direitos das mulheres e condenar a violência física.

“Eu acho que os nigerianos devem se levantar para defender os direitos das mulheres. Eu não sei como um homem pode colocar suas mãos em uma mulher e derramar ácido nela. Algumas pessoas parecem ser como os animais. Como alguém pode desfigurar uma senhora como esta?”, disse o líder.

O pastor cristão acrescentou que Jamila representa as centenas de mulheres que sofrem violência e abuso na Nigéria. “Eu não estou fazendo isso por ela, porque ela é um membro da minha igreja. Eu não a conheço de qualquer lugar, ela é mesmo uma muçulmana e não uma cristã. Nós só estamos fazendo isso para pregar o amor”, disse ele.

O líder da Igreja disseque Jamila precisa de 10 milhões de Naira, o equivalente a mais de 100 mil reais, para fazer a cirurgia na Índia. Ele se comprometeu em aumentar a quantidade dentro de uma semana para cobrir as despesas para o transporte aéreo da vítima, além de custear as acomodações e alimentação, enquanto ela se recupera da cirurgia.

“Esta é uma oportunidade de mostrar o amor ao próximo, porque ela não é um cristã, o seu vizinho não deve necessariamente vir de sua religião ou grupo étnico”, finalizou o pastor.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHRISTIAN TODAY

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.