Carta foi enviada ao presidente exigindo direitos dos cristãos

As igrejas evangélicas do Turcomenistão foram as únicas a não obter registro oficial. Por isso enviaram uma carta apelando a ajuda do presidente Gurbanguly Berdimuhamedov para receber a licença de funcionamento. Na carta, eles mencionaram que o Turcomenistão alega ter liberdade de religião.

Além de pedir um prédio para realizar os cultos, as igrejas pediram também permissão para abrir uma livraria cristã. A carta também contém vários exemplos de restrições impostas aos cristãos. Alguns irmãos foram presos e igrejas tiveram batidas policiais durante o culto. Algumas pessoas até mesmo perderam seu emprego quando se tornaram cristãs.

Ore para que Deus incline o coração do presidente e ele possa agir em favor da liberdade de religião que o país diz ter. Que mudanças aconteçam na prática e não somente na teoria. Interceda para que as igrejas tenham o direito de ter um lugar de culto, e não precisem mais se reunir apenas secretamente em restaurantes e lanchonetes.

Fonte:https://www.portasabertas.org.br

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.