Você é uma pessoa feliz? Pode parecer uma questão simples e fácil de ser respondida, mas pode mudar o sentido se for perguntada para as pessoas que te conhecem de verdade.

“Seu marido pode garantir que você é feliz? Sua mulher pode garantir que você é feliz? Seus filhos, pais, amigos podem dizer isso a seu respeito?”. Com essas questões, o Reverendo Hernandes Dias Lopes iniciou sua mensagem na igreja Assembleia de Deus de Blumenau, em 2012.

Diante dessa reflexão, Hernandes aponta o que Paulo descreveu em Filipenses 4:4: “Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: alegrem-se!”. Ele lembra que o apóstolo não disse esta frase em meio a uma situação boa, mas dentro de uma prisão.

“A alegria aqui não é uma opção, é uma ordem. Em outras palavras, você e eu não temos direito de ser uma pessoa triste, porque ser triste é um pecado”, afirma Hernandes, que observa três características da alegria.

“Além da alegria do cristão ser imperativa, ela é ultracircunstancial. Estar feliz quando está tudo bem, até um ateu consegue. O desafio é ser uma pessoa feliz apesar das cristuntancias difíceis. A alegria do cristão não é um sentimento, nem mesmo é a ausência de coisas ruins. A alegria do cristão é uma pessoa. A alegria do cristão é Jesus”, afirma.

Embora nem todos os cristãos desfrutem dessa alegria, Hernandes reforça que Deus pode trazer de volta aquilo que o inimigo roubou. Para isso, é preciso identificar quais são os ladrões que estão roubando sua alegria.

Assista a pregação completa:

FONTE: GUIAME

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.