Cinco crianças e uma professora foram mortas após um segurança colocar fogo em uma creche, no Norte de Minas Gerais.

Uma vigília de oração foi realizada em Janaúba, no Norte de Minas Gerais, depois que cinco crianças e uma professora foram mortas após um segurança colocar fogo em uma creche na manhã desta quinta-feira (5).

Damião Soares dos Santos, de 50 anos, ateou fogo em seu próprio corpo e no corpo dos alunos do Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente, no Bairro Rio Novo. No horário havia 75 crianças e 17 funcionários na escola.

Todas as crianças que foram vítimas do vigia tinham 4 anos. Também morreu a professora Helley Batista, de 43 anos, após entrar em luta corporal com Damião para tentar salvar seus alunos. O criminoso faleceu no hospital, cinco horas após o crime.

O crime deixou ainda outros 43 feridos, sendo 39 deles crianças. As vítimas seguem internadas nesta sexta-feira (6) nos hospitais de Janaúba, Montes Claros e Belo Horizonte, de acordo com informações do Corpo de Bombeiros.

Na noite desta quinta, uma vigília de oração foi realizada em frente ao Hospital Fundajan, em Janaúba, que está atendendo maior parte dos feridos. Um vídeo que foi publicado nas redes sociais mostra o grupo louvando a Deus com as canções “Santo Espírito”, conhecido no Brasil pela voz de Laura Souguellis e o hino da harpa cristã “Porque Ele Vive”.

Assista:

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE G1

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.