As pessoas reagem a um diagnóstico de câncer terminal de várias maneiras. Algumas podem ficar em estado de choque, outras podem sentir raiva, medo ou tristeza.

Nenhuma destas reações foram tomadas por Rene ‘Lea Genau quando o médico anunciou a temida notícia: “Você está no terceiro estágio de câncer no ovário“.

“Sua principal preocupação era de glorificar a Deus com sua vida”, disse Ed Genau, marido de Rene, que acabou não resistindo ao tratamento.

Ed conheceu Rene na faculdade. Os dois se converteram juntos à fé cristã em 1988, depois que se casaram e passaram a morar em Morris, no estado americano de Illinois.

Depois que Rene foi batizada, sua fé foi fortalecida. “Quando chegou o câncer, sua fé floresceu de uma maneira absolutamente linda e eu tive o privilégio de ver a sua fé em ação”, disse seu marido.

Ela descobriu a doença em 2010, depois que seus filhos tinham crescido. Rene e Ed ficaram assustados com a notícia. “Nós chegamos em casa, nos abraçamos e oramos juntos”, lembra Ed.

“Nós pedimos a Deus a força para o que o futuro nos reservava. Ela só queria glorificar a Deus em tudo o que fosse acontecer. Essa foi a nossa oração, e foi o que aconteceu”, acrescentou.

Um dos momentos mais marcantes para Ed foi o dia em que o médico disse a Rene que ela tinha apenas alguns dias de vida.

“Ela sorriu. O médico coçou a cabeça, olhou para ela e disse: ‘Você entendeu o que eu acabei de dizer?’ Ela sorriu com um sorriso muito doce e disse: ‘Sim. Você acabou de me dizer que eu vou estar com Jesus’”, lembra o marido.

As pessoas que visitavam Rene voltaram para casa encorajadas. Quando ela decidiu que estava pronta para os cuidados paliativos, sua única preocupação era com o bem-estar de Ed.

“Ela disse: ‘Eu sei que isso é mais difícil para você do que para mim, então eu liguei para nosso pastor vir e confortar você’”, lembra Ed. Rene faleceu aos 53 anos, no dia 9 de março de 2014.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE MORRIS HERALD NEWS

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.