Com o apoio do projeto Cristolândia, Gilmar foi resgatado das ruas, onde passou 25 anos como viciado.

Depois de passar 25 anos nas ruas, Gilmar da Conceição comemora um novo tempo em sua vida. Ele tem 63 anos e agora celebra um novo emprego. Mas, não é só isso. Para um ex-viciado em drogas, voltar a trabalhar é uma grande vitória.

Gilmar também voltou a estudar. Ele que passou 50 anos sem pegar em um livro, hoje se alegra em frequentar a escola. Há dois anos ele foi resgatado pela Cristolândia, projeto de iniciativa da Igreja Batista. Desde então, ele tem vivido uma grande transformação em sua vida.

O empresário cristão Luiz Marcello Carvalho foi o responsável por dar essa oportunidade a Gilmar que foi contratado para trabalhar no Colégio CET Rio. Luiz é membro da Igreja Batista Atitude e parceiro da Cristolândia.

Gilmar é o quarto aluno do projeto cristão que se tornou funcionário da empresa. Ele comemora a vitória: “Estou me adaptando bem, as pessoas estão gostando do meu serviço. Estou dando o melhor de mim”, comenta.

“Tenho que agradecer muito a Deus. Esse foi o prêmio que Ele me deu por intermédio da Cristolândia. Eu agradeço a Deus pela Cristolândia e por todas as pessoas que trabalham aqui”, ressaltou.

O proprietário da escola diz que tem sido surpreendente poder acompanhar histórias como a de Gilmar e ver o potencial de pessoas regeneradas. “Ele está muito contente de ter essa oportunidade. Eu já conhecia ele há um ano e há muito tempo eu queria dar uma oportunidade pra ele”, diz Luiz.

“Quando ele chegou na escola, ele chegou muito feliz. Hoje são quatro alunos da Cristolândia contratados lá e todos eles são pessoas que valorizam muito o trabalho, que agarram a oportunidade, são responsáveis”, salienta.

“Com o sr. Gilmar não foi diferente. Ficamos muito felizes de poder ajudar, de fazer parte disso”, adicionou.

O site Missões Nacionais, que está ligado ao projeto Cristolândia, ressaltou: “Cremos que podemos avançar ainda mais, retirando pessoas da rua e atuando como agentes de transformação através do evangelho de Cristo”, finalizou.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO MISSÕES NACIONAIS

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.